Tablet barato: Os principais itens que deve analisar antes de comprar

Dicas e características que deve levar em conta antes de comprar seu tablet de entrada

Estaremos abordando neste artigo alguns itens e características que devem ser levados em conta antes de comprar seu tablet, principalmente os mais baratos disponíveis no mercado (chineses ou nacionais) que custam em média R$ 300,00 a R$ 600,00.

Os tablets estão em alta no mercado e por isso toda semana sai um modelo novo no mercado, principalmente Chinês para atender a demanda dos usuários que procuram algo que atenda suas necessidades.

Tablets Baratos

Então o primeiro item e o mais importante antes da compra de seu tablet barato é: qual a sua necessidade?

Em boa parte dos casos, os tablets não substituem os computadores atuais (PCs, Macs, notebooks, netbooks, ultrabooks, etc) que ainda são os mais adequados para trabalho e estudo. Tablets foram feitos como principal apelo comercial a mobilidade.

Se você é uma pessoa que está praticamente o tempo todo na rua e quer algo fácil de ser transportado onde internet, e-mails, redes sociais, vídeos, livros digitais e games fazem parte do cotidiano, ai o tablet poderá lhe atender perfeitamente.

Tela

Os tablets mais em conta são os que possuem 7 polegadas e tecnologia LCD CFFL TFT comum. Em tablets baratos e que queira mobilidade, estas telas de 7 são mais do que suficientes e acredite, são boas em seu uso diário. As telas de 10 polegadas já deixam o tablet mais caro e também mais volumoso e pesado.

Tela dos tablets

O que você pode “incrementar” é na escolha do tipo de tela. Hoje temos tablets com tecnologia IPS que deixa as imagens com cores mais vibrantes e possibilidade de colocar o tablet em vários ângulos sem perda de qualidade visual. Os de tela AMOLED são muito caros, então fique com os de LCD (para o preço mais baixo, mas com qualidade inferior) ou os com tela IPS (que são um pouco mais caros, mas vale a pena pela qualidade e durabilidade da tela).

A resolução mínima recomendada é de 800x480 pixels e os tablets mais em conta normalmente começam por esta resolução. Quanto maior a resolução da tela, mais detalhes poderá ver e melhor ficará para navegar na internet ou colocar os conteúdos na tela.

Algo importante que deve ser observado é se a tela é capacitiva multi touch. Isso significa que a tela capacitiva é menos resistente ao arrasto dos dedos, sendo sensível ao toque e ótimo para manusear. Então evite as telas resistivas e invista em tablets com tela capacitiva. O multi touch serve para definir quantos dedos ao mesmo tempo o tablet é capaz de detectar. Normalmente a quantidade de multi touch para tablets baratos é de 3 a 5 pontos, o que já é bom.

Tamanho

Quanto ao tamanho, os de 7 polegadas são um dos menores e bem fáceis de levar por ai. Seu peso é reduzido ficando na faixa de 350 gramas e as medidas dependem de cada marca e modelo no mercado. O tamanho é um tipo de característica mais pessoal, então fique a vontade na escolha.

Tamanho dos tablets

Bateria e sua duração

A bateria é algo bem economizado em tablets que custam pouco no mercado. Procure por tablets com bateria de no mínimo 3000MAh, o que lhe dá autonomia de 4 a 6 horas em uso normal e Wi-Fi ligado.

Bateria do tablet

Conexões e entrada

Em termos de tipos de conexões, um tablet deve ter no mínimo o Wi-Fi para que possa se conectar na internet através de modens, roteadores ou pontos de acesso com Wireless. Se você vai a lugares onde não é comum o acesso a internet via Wireless, uma alternativa seria comprar um tablet que tivesse modem 3G embutido, pois assim fica mais fácil transportar o aparelho. Já que caso não exista o modem 3G interno, será necessário plugar o modem 3G externo a uma porta USB do tablet.

Conexões do tablet

As entradas destes tablets normalmente são:

  • Entrada para fone de ouvido;
  • Entrada para o plug do carregador;
  • Saída para fone de ouvido;
  • Entrada para cartão MicroSD;
  • Entrada USB;
  • E alguns têm entrada para cabo de rede RJ45;

Capacidade de armazenamento e memória

Os tablets possuem dois tipos de memória, a RAM e a ROM. Na RAM é a memória usada enquanto o aparelho está ligado e serve para armazenar temporariamente informações e aplicativos do sistema. Na ROM é aquela memória onde fica armazenado o sistema operacional, aplicativos e arquivos pessoais e seria como um HD nos computadores.

Memória do tablet

Sobre a RAM: Quanto mais memória RAM, mais aplicativos e jogos pesados poderão rodar no tablete sem comprometer seu desempenho. Nos tablets de entrada é comum o uso de 512MB de memória RAM. Mas se der, recomendo fortemente que adquira um de 1024MB (1GB) de RAM para que o sistema em geral não fique lento enquanto estiver usando, pois os travamentos poderão ser constantes caso tenha pouca memória RAM.

Sobre a ROM: A quantidade de memória ROM vai depender das suas necessidades e normalmente o tablet bem com 4GB de memória ROM para armazenar seus aplicativos e arquivos pessoais. Mas é só usar um cartão microSD ou passar os arquivos mais pesados para um pen drive que 4GB de memória ROM serão suficientes. A não ser que pretenda instalar muitos jogos ou programas, neste caso 4GB serão poucos.

Processador

É comumente encontrado em tablets de entrada processadores de 1GHz. Essa velocidade de processador para o sistema Android é boa para a maioria das aplicações. Já utilizei um tablet chinês com um processador ARM Cortex A8 de 1.2 GHz e processador gráfico Mali de 400MHz e funcionou muito bem as funções do Android, os aplicativos e todos os jogos da Google Play. Somente nos jogos mais pesados é que dava umas “travadinhas” de vez em quando.

Processador do tablet

Então procure um tablet  que tenha no mínimo 1GHz de velocidade de processamento para poder usufruir melhor dos aplicativos e navegar na internet sem lentidão.

Câmera

A câmera em um tablet é mais necessária caso faça reuniões, conferências ou use o Skype em conversas que sejam fundamentais a utilização da sua imagem. Neste caso terá que procurar um tablete com câmera frontal de no mínimo 1.2MP (Mega pixels) VGA. A traseira é usada para fotos, mas nos tablets mais em conta elas são bem ruins em sua qualidade.

Câmera do tablet

Sistema operacional

O sistema operacional mais utilizado é o Android e para ficar mais em conta realmente não há sistema melhor do que este. O Android 2.3 é usado em alguns tablets e a vantagem desta versão é que é um pouco mais rápida que o Android 4 devido a sua "leveza". Só que no Android 4 temos o proveito da interface ser mais amigável e o sistema ser mais atualizado. Então recomendo que se possível compre um tablet já com a versão 4 ou superior do Android.

Tablet com Android

Diante destes aspectos e características mínimas e recomendadas abordadas neste artigo, você poderá pesquisar por um tablet de entrada que esteja dentro do seu orçamento. Mas caso tenha mais recursos financeiros para investir neste tipo de equipamento, sugiro que leia quais são os melhores tablets atualmente.