Ownphone é o primeiro celular acessível em braile do mercado

Para integrar pessoas especiais a comunicação, empresa britânica cria primeiro celular acessível para idosos, crianças e deficientes visuais com teclas em braile.

A empresa britânica Ownphone está lançando aos poucos no mercado, celulares feitos especialmente para idosos, crianças e cegos (pessoas com deficiência visual).

O celular especial tem como principal característica ser leve, pequeno e principalmente fácil de usar. São poucas opções de contatos disponíveis por meio de botões que ficam na tela e para os deficientes visuais, estas teclas possuem o braile (aquele pequenos pontinhos sobressalentes) para que possam passar o dedo e identificar quem devem chamar.

celulares acessíveis Ownphone

Interessante é o processo de fabricação. Eles são personalizados para o público alvo, então você entra no site https://myownfone.com/, escolhe o tipo de celular de acordo com suas necessidades, escolhe o tipo design das teclas, cores, estilos, os contatos principais, efetua o pagamento e os aparelhos vão para uma maquina impressora que fabrica a tela. Inclusive é possível colocar ao lado dos botões a foto da mãe ou pai para que a criança identifique facilmente, mesmo sem saber ler.

processo-fabricacao-ownfone


Processo de fabricação das teclas em braile com impressora 3D

Devido às limitações e por ser elaborado para pessoas que não sabem ou não podem utilizar um telefone da forma convencional, não é possível digitar no celular e ligar para outros contatos que não estejam gravados nele.

As baterias duram muito tempo. Só para terem uma ideia, em repouso o aparelho pode ficar com carga por até 1 ano. Os créditos são adquiridos na própria Ownphone.

O preços destes celulares acessíveis são:

  • Modelo simples: R$ 150,00 e possui na tela apenas os nomes dos números cadastrados;
  • Modelo com fotos: R$ 190,00 e possui imagens em vez de letras. Ideais para analfabetos ou crianças que ainda não aprenderam a ler;
  • Modelo em Braile: R$ 225,00, pois as teclas possuem braile feito em uma impressora 3D especialmente para deficientes visuais;

Os celulares acessíveis ainda não chegaram ao Brasil, mas é bem provável que esta ideia dê certo e em breve seja comercializado mundialmente.