MetaRAM: 8 GB por módulo de memória

Atualmente um módulo de memória RAM DDR2 não contém mais de 2 GB. Graças à tecnologia de um start-up, a MetaRAM, essa limitação pode ser retirada e pode-se alocar até 8 GB por módulo. O sonho para os servidores.

Se 16 GB de memória RAM em “dual-channel” possa parecer completamente inútil para a maioria dos mortais, tais capacidades podem ser bastante atraentes para os servidores. A limitação da quantidade máxima de RAM é uma das razões para essas máquinas começarem a migrar para as BFR-DIMM. Além do incoveniente da incompatibilidade com as plataformas DIMM, seu consumo elétrico é maior.

Memórias 8GB

O MetaSDRAM é mais interessante para a evolução das máquinas existentes. Apesar de sua capacidade quádrupla, os módulos MetaRAM são perfeitamente compatíveis com os slots DDR2 normais, sem modificação de chipset, além de não consumir mais que esses slots podem fornecer.

Qual é o segredo dessa novidade? Trata-se do controlador específico presente em cada módulo. Ele permite reunir vários módulos RAM clássicos em um só módulo virtual de maior capacidade e apenas este último é reconhecido pelo controlador de memória da máquina. A latência suplementar, a MetaRAM pretende mascará-la com mecanismos de reorganização dos acessos (execução out-of-order).

As primeiras amostras de módulos MetaSDRAM começaram a sair de fábricas Micron ou SMART Modular (a MetaRAM não tem fábrica própria) e as primeiras máquinas a utilizar seus produtos deverão aparecer neste trimestre.

 

Fonte:

Presence PC.
Texto e tradução: Tomodachi.

(Forumpcs)