IBM cria o menor vídeo stop-motion com átomos individuais

Com a possibilidade de imobilizar os átomos por tempo indeterminado, a IBM poderá desenvolver sistemas de armazenamento muito mais superiores que o atualmente utilizado.

Os pesquisadores da IBM já podem entrar para o livros dos recordes (Guinness Book) pode ter feito um pequeno vídeo de aproximadamente 1 minuto chamado de A boy and his ball (O garoto e sua bola) usando átomos individuais.

ibm armazenamento atomo video

A IBM está pesquisando a próxima geração em dispositivos de armazenamento de dados através da manipulação de átomos individuais e o vídeo é uma demonstração de quão longe a investigação e o estudo sobre os átomos chegou (ou chegará). A forma especial com que os cientistas agora podem usar os átomos para criar transistores por minuto poderá ser utilizado no futuro para o armazenamento de dados.

Isso é muito complicado devido aos átomos serem instáveis e não ficarem parados com facilidade, portanto este vídeo demonstra como conseguiram esta estabilização. O vídeo possui 242 quadros e precisaram mover mais de 5000 átomos de forma individual graças a um microscópio de tunelamento que permite ampliar os átomos em mais de 100 milhões de vezes o seu tamanho real.

Atualmente as mídias de armazenamento precisam de algo em torno de 1.000.000 de átomos para funcionar. Mas com o avanço das pesquisas da IBM futuramente poderá ser usado apenas 12 átomos para poder guardar a mesma quantidade de informações.

Isso significa que no futuro poderemos usar unidades microSD ou pen drivers que poderiam salvar todos os filmes lançados até hoje!

É meu amigo, o mundo está ficando pequeno.