Guia de comandos bash do Terminal para Linux

Você sabia que é possível realizar qualquer tarefa no Linux através da linha de comando do mesmo? E que as tarefas realizadas pelos comandos são muito mais rápidas do que os realizados com aplicativos gráficos?

Então segue abaixo um guia de referência para você que deseja realizar alguma tarefa via bash no linux. Vale a pena imprimir e ter guardado para futuras consultas.

comandos bash linux

A

  • adduser - cria um novo usuário.
  • alias - permite nomear um conjunto de comandos, a ser executado pelo sistema, por um único nome.
  • apropos - informa quais os comandos do Linux possuem, em sua definição, uma determinada expressão.
  • ar - inclui/atualiza/extrai/deleta arquivos de/em um repositório de arquivos.
  • at - agenda tarefas a serem executadas pelo sistema.
  • atq - lista as tarefas agendadas com o comando at.
  • atrm - remove tarefas agendadas.
  • awk - linguagem de processamento e procura de padrões.

B

  • bg - faz um programa, que está executando em primeiro plano, passar a executar em segundo plano.

C

  • cal - exibe um calendário simplificado.
  • cat - concatena e/ou exibe um ou mais arquivos.
  • cd - altera o diretório atual de trabalho do usuário.
  • chfn - altera as informações apresentadas pelo utilitário finger.
  • chgrp - altera o grupo de arquivos/diretórios.
  • chmod - altera as permissões de acesso de arquivos/diretórios.
  • chown - altera o dono e o grupo de arquivos/diretórios.
  • chsh - altera o shell padrão do usuário.
  • clear - limpa a tela do terminal.
  • comandos do linux - explica o formato dos comandos do Linux.
  • compress - compacta/descompacta arquivos.
  • consoles virtuais - interface do Linux com os usuários.
  • cotas de disco - define a quantidade de espaço em disco que cada usuário pode usar.
  • cp - copia arquivos e diretórios.
  • crontab - agenda tarefas para serem executadas periodicamente.
  • curingas - *, ? e [ ]
  • cut - seleciona colunas de um arquivo txt ou da entrada padrão.
  • cvs - aplicativo para gerenciamento de código-fonte.

D

  • date - exibe ou modifica a data e a hora do sistema.
  • dd - converte e copia um arquivo.
  • depmod - produz arquivo contendo as dependências de módulo.
  • df - mostra o espaço livre das partições.
  • diff - compara dois arquivos, em formato texto, linha a linha.
  • DISPLAY - variável de ambiente que define onde a saída de uma aplicação gráfica deve aparecer.
  • dmesg - mostra as mensagens da última inicialização do sistema.
  • du - informações sobre o uso do disco.
  • dvips - converte arquivo .dvi em .ps (PostScript).

E

  • echo - mostra o conteúdo dos diretórios.
  • edquota - editor do sistema de cotas.
  • emacs - editor de textos distribuído pela Free Software Foundation.
  • env - executa um programa/comando em um ambiente modificado.
  • exit - encerra execução do shell atualmente em uso pelo usuário.
  • export - comando do shell que permite configurar e compartilhar variáveis de ambiente entre diversos programas e bibliotecas acessados a partir do mesmo terminal.

F

  • fdformat - formatação de baixo nível em disquete.
  • fdisk - aplicativo utilizado para particionar discos.
  • fg - faz um programa, que está sendo executado em segundo plano (background), passar a ser executado em primeiro plano.
  • file - determina o tipo do arquivo.
  • find - pesquisa arquivos em uma hierarquia de diretórios.
  • finger - exibe informações sobre um usuário.
  • fortune - aplicativo que exibe uma citação aleatória.
  • free - exibe a quantidade de memória livre/usada no sistema.
  • fsck - verifica e repara um sistema de arquivos.
  • fuser - identifica os processos que estão usando um determinado arquivo e/ou diretório.

G

  • gcc - compilador de C para Linux.
  • gdb - aplicativo para depuração de programas C, C++ e Modula-2.
  • getty - configura o modo de funcionamento, velocidade e comportamento da linha.
  • ghostview - aplicativo para visualização de arquivos .ps (PostScript) e PDF.
  • GID - número de identificação de grupo para o kernel do Linux.
  • grep - procura padrões em um arquivo.
  • groupadd - cria um novo grupo.
  • groupdel - deleta um grupo.
  • groupmod - modifica um grupo.
  • groups - lista os grupos aos quais um usuário pertence.
  • grpconv - usa o sistema gshadow para proteger as senhas dos grupos.
  • grpunconv - elimina o uso do sistema gshadow de proteção de senhas.
  • gunzip - descompacta arquivos.
  • gv - mesmo que ghostview.
  • gzip - compacta/descompacta arquivos.

H

  • head - exibe o início de um arquivo texto.
  • help - exibe informações sobre um comando.
  • hostname - mostra ou muda o nome do computador na rede.
  • hwclock - exibe ou modifica a data e a hora do relógio da máquina.

I

  • id - identifica os UIDs e GIDs efetivos e reais.
  • ifconfig - configura uma interface de rede.
  • init - processo de controle da inicialização do sistema.
  • inode - identificador de diretório/arquivo em um sistema de arquivos.
  • insmod - carrega módulos do kernel na memória do sistema.
  • ipcrm - remove recurso ipc (inter-process communication).
  • ipcs - fornece informações sobre recursos ipc (inter-process communication).
  • ispell - ferramenta para correção ortográfica.

J

  • jobs - mostra os processos executando em segundo plano (background).

K

  • kernel - núcleo do Linux.
  • kill - envia um determinado sinal a um processo em execução no sistema.
  • killall - envia um determinado sinal a um conjunto de processos que usam o mesmo nome.
  • kudzu - ferramenta que detecta e configura dispositivos de hardware.

L

  • last - exibe todas as informações referentes a entrada (login) e saída (logout) de usuários do sistema.
  • lastlog - exibe informações referentes ao último login de cada usuário.
  • latex - gera arquivo .dvi a partir da definição de macros TEX.
  • ldconfig - atualiza os links para as bibliotecas compartilhadas.
  • less - permite fazer a paginação de arquivos ou da entrada padrão.
  • lesskey - personaliza as teclas usadas no paginador less.
  • lilo - carregador de inicialização do Linux.
  • linux_logo - aplicativo que exibe os logotipos do Linux.
  • linuxconf - ferramenta de administração do Linux.
  • ln - cria ligações entre arquivos.
  • locate - lista os arquivos cujos nomes coincidem com o padrão informado.
  • login - processo responsável por permitir ou não o acesso de usuários ao sistema.
  • lpc - aplicativo para controle de impressão de arquivos.
  • lpq - examina o conteúdo da fila de impressão.
  • lpr - imprime arquivos.
  • lprm - remove arquivos da fila de impressão.
  • ls - lista o conteúdo de um diretório.
  • lsmod - lista os módulos do kernel que estão carregados na memória.

M

  • make - utilitário para verificação e compilação de grupo de arquivos.
  • MAKEDEV - script usado para criar/alterar/deletar dispositos em /dev.
  • makewhatis - cria a base de dados makewhatis.
  • man - formata e apresenta páginas do manual on-line.
  • mc - aplicativo para manipulação de arquivos e diretórios.
  • mesg - habilita/desabilita o recebimento de mensagens de outros usuários.
  • mingetty - getty mínimo para consoles virtuais.
  • mkbootdisk - cria um disco de inicialização (emergência) do sistema.
  • mkdir - cria diretórios.
  • mke2fs - formata uma partição de disco usando o sistema de arquivos ext2.
  • mkfs - constrói um sistema de arquivos Linux.
  • mkswap - configura uma área de troca (swap) do Linux.
  • modprobe - carrega módulos e verifica as dependências dos módulos.
  • módulos - peças de código de objeto que podem ser carregados em um kernel em operação.
  • more - permite fazer a paginação de arquivos ou da entrada padrão.
  • mount - monta sistemas de arquivos.
  • mouseconfig - aplicativo para configurar o mouse.
  • mpage - permite imprimir várias páginas em uma única folha de papel.
  • mt - controla unidades de fita.
  • mtools - utilitários para acessar discos DOS no UNIX.
  • mv - move (ou altera o nome de) arquivos.

N

  • newgrp - muda, temporariamente, o grupo (GID) do usuário.
  • nice - configura a prioridade de execução de um comando ou de um programa.
  • nl - exibe o conteúdo de um arquivo enumerando as linhas.
  • nohup - executa um comando imune a interrupções de conexão.

O

P

  • passwd - altera a senha de um usuário.
  • permissão de acesso - autorização para ler/gravar/executar um arquivo/diretório do sistema.
  • pico - editor de texto baseado no sistema de mensagens pine.
  • PID - número de identificação (ID) de um processo.
  • pr - formata arquivos de texto para impressão.
  • printenv - mostra as variáveis de ambiente utilizadas pelo sistema.
  • processo - programa em execução.
  • ps - exibe informações sobre os processos que estão executando na máquina.
  • pwconv - usa o sistema shadow para proteger as senhas dos usuários.
  • pwd - exibe o nome do diretório atual.
  • pwunconv - elimina o uso do sistema shadow de proteção de senhas.

Q

  • quota - fornece informações sobre o sistema de cotas.
  • quotaoff - desabilita o sistema de cotas.
  • quotaon - habilita o sistema de cotas.

R

  • RCS - aplicativo para gerenciamento de código-fonte.
  • reboot - reinicializa o computador.
  • redirecionadores de E/S - >, >>, < e |.
  • renice - altera a prioridade de um processo que está executando.
  • rev - inverte as linhas de um arquivo.
  • rlogin - inicia uma sessão de terminal remoto.
  • rm - remove arquivos/diretórios.
  • rmdir - remove diretórios vazios.
  • rmmod - descarrega módulos do kernel da memória do sistema.
  • root - administrador do sistema ou superusuário.
  • rpm - gerenciador de pacotes da distribuição Red Hat.

S

  • separador de comandos - ; e ;\
  • set - exibe a lista das variáveis de ambiente.
  • setserial - exibe ou modifica as definições sobre porta serial.
  • setterm - configura os atributos do terminal no modo texto.
  • shell - interpretador de comandos do Linux.
  • shutdown - encerra/reinicializa o sistema.
  • sistemas de arquivos - como os arquivos e os diretórios são organizados no Linux.
  • sort - ordena as linhas de arquivos textos.
  • source - atualiza arquivos do sistema.
  • split - divide um arquivo em arquivos menores.
  • strfile - cria um arquivo de acesso aleatório para armazenamento de strings.
  • strings - extrai strings de arquivos binários.
  • stty - modifica e/ou mostra as configurações de linhas de terminal.
  • su - executa um shell com substituição de usuário e grupo.
  • sudo - executa um comando usando os privilégios de um outro usuário.
  • swap - partição do disco usada como memória auxiliar (área de troca).
  • swapoff - desabilita dispositivos e arquivos para paginação e troca.
  • swapon - habilita dispositivos e arquivos para paginação e troca.
  • sync - grava os dados da memória nas unidades de disco.

T

  • tac- concatena e exibe um ou mais arquivos na ordem inversa.
  • tail - exibe as últimas linhas de um arquivo texto.
  • talk - permite conversa em tempo real entre dois usuários.
  • tar - armazena e extrai arquivos de um arquivo tar.
  • teclas especiais - conjunto de teclas com características especiais no Linux.
  • tee - ler da entrada padrão e grava na saída padrão.
  • telinit - processo de controle da inicialização do sistema.
  • telnet - permite acessar uma máquina remotamente.
  • tempo de época - data e hora que o Linux considera como o início dos tempos.
  • tex- sistema de processamento de textos para formatação de documentos.
  • time - mede o tempo necessário para executar um comando/aplicativo.
  • top - utilitário que lista, em tempo real, os processos que estão usando a cpu.
  • touch - muda a data e a hora do último acesso/modificação de um arquivo.
  • tr - apaga ou altera caracteres.
  • tree - apresenta, em formato de árvore, o conteúdo de um diretório.
  • type - exibe o tipo de um arquivo.

U

  • UID - número de identificação do usuário para o kernel do Linux.
  • umask - define as permissões que não estão disponíveis aos usuários do sistema.
  • umount - desmonta sistemas de arquivos.
  • uname - exibe informações sobre o sistema.
  • uniq - remove as linhas duplicadas de um arquivo ordenado.
  • unset - apaga uma variável de ambiente.
  • updatedb - atualiza banco de dados de nome de arquivos.
  • uptime - diz há quanto tempo o sistema está funcionando.
  • useradd - cria um novo usuário.
  • userdel - remove usuário e seus respectivos arquivos do sistema.
  • usermod - modifica uma conta de usuário do sistema.
  • users - mostra os usuários que estão atualmente conectados ao sistema.

V

  • variáveis de ambiente - conjunto de variáveis usadas para definir o ambiente de trabalho dos usuários do sistema.
  • vigr - edita o arquivo /etc/group.
  • vim - editor de textos em formato ASCII.
  • vipw - edita o arquivo /etc/passwd.
  • visudo - edita o arquivo /etc/sudoers.

W

  • w - informa quais os usuários que estão conectados e o que eles estão executando.
  • wc - conta linhas, palavras e caracteres de arquivos.
  • whatis - mostra um resumo rápido sobre um ou mais comandos.
  • whereis - lista as localizações de programas binários, fontes e documentações.
  • who - informa quais os usuários que estão conectados.
  • whoami - fornece a identificação efetiva do usuário.

X

  • X ou X Window - é a interface gráfica (GUI) padrão do Linux.
  • xhost - define quais máquina podem acessar o servidor X.
  • xman - aplicativo gráfico de exibição da documentação do Linux para o sistema X Window.

Y

Z

  • zgrep - procura padrões em um arquivo compactado.
  • zip - compacta arquivos.