Dicas para evitar pegar vírus em seu computador ou portátil

10 dicas para não confiar somente nos antivírus e evitar que seu dispositivo ou computador pegue vírus e outros malwares

Os vírus de computador são pragas que acabam se disseminando pela internet, redes, pen drives e outras mídias digitais.

Estes pequenos invasores acabam atrapalhando nossos equipamentos e principalmente nos mantendo inseguros na internet com roubos de informações pessoais, perda de desempenho e outros mais.

Dicas de como evitar vírus e malwares

Os programas antivírus oferecem recursos interessantes para poder combater diariamente estas ameaças enquanto navegamos na internet, trabalhamos, estudamos ou nos divertimos, mas eles não oferecem 100% de segurança e podem falhar, deixando os vírus, trojans, spywares, adwares, rootkits e outras pragas virtuais entrarem e se instalarem em computadores, notebooks, tablets e até celulares.

Então nada melhor do que nos precavermos e não abrirmos ou acessarmos qualquer coisa que vemos pensando estar seguros. Por isso indico algumas dicas básicas para evitar pegar estes malwares:

  1. Adquiria um programa antivírus confiável. Procure colocar um antivírus que tenha um histórico consistente e que já esteja no mercado há tempos. Os sites Checkmark, AV-Test e Tuv estão entre os mais respeitados em testar antivírus independentes. Caso não tenha grana para comprar uma licença, veja a matéria dos melhores antivírus grátis.
  2. Adquira e use um firewall confiável. Eles servem para bloquear programas não autorizados a acessar a internet ou outras redes para envio ou recebimento de informações. Alguns sistemas operacionais já possuem firewall embutido, basta verificar se está habilitado. Se possível use um que lhe avise quando algum programa quiser se conectar a rede, podendo assim barrar ou não seu acesso.
  3. Não abra e-mails provenientes de fontes desconhecidas ou que não confie. A maioria dos vírus chega até você por e-mail, onde colocam assuntos interessantes para que possa abri-lo. Então não clique nos links de mensagens de cobranças que não conhece, redes sociais ou outras estranhas.
  4. Não abra anexos de mensagens com um assunto suspeito ou inesperado. Se você quiser abrir, salve este arquivo em seu computador e depois mande o anti-vírus escanear e verificar se não está contaminado.
  5. Se receber estas mensagens indesejadas que podem conter vírus, exclua-os. Não retransmita ou responda aos seus remetentes. Este tipo de mensagem é considerado spam, por que é indesejado e não solicitado sobrecarregando o tráfego da internet.
  6. Evite instalar serviços e aplicações que não são necessários no seu dia-a-dia tais como transferências de arquivos e servidores de compartilhamentos de arquivos, programas de acesso a desktops remotos e similares. Tais programas são perigos potenciais e não deve ser instalado se não for absolutamente necessário.
  7. Mantenha o seu sistema operacional e programas sempre atualizados, pois corriqueiramente são encontrados brechas nos sistemas e os fabricantes lançam atualizações para impedir que seu computador seja hackeado ou infectado.
  8. Não copie arquivos de fontes desconhecidas. Verifique a procedência dos arquivos que você baixa e sempre use o antivírus para verificar se estão sem nenhum malware antes de abrir ou executar.
  9. Faça backups de arquivos pessoais importantes (e-mails, documentos, fotos e outros) em um disco rígido externo, CD/DVD, pen drive ou serviço de armazenamento nas nuvens. Mantenha as cópias em mídias externas pois poderá precisar restaurar caso  seu computador ou dispositivo fique inoperante e precise ser formatado (o que por incrível que pareça é comum de acontecer).
  10. Mude constantemente as senhas de acesso a e-mails, bancos, redes sociais e outros tipos de contas. Pois se um malware conseguir descobrir sua senha, poderá usar a mesma para tentar enviar mensagens e arquivos usando suas contas de e-mail ou rede social.

É aconselhável também uma vez por semana (pelo menos) a fazer um escaneamento completo em seu computador. Além do seu programa antivírus padrão instalado no sistema operacional é possível usar também antivírus online para uma verificação mais ampla.