D-Link aperfeiçoa segurança em roteadores para aumentar prevenção contra ataques da Internet

Nova medida de segurança, denominada DNS Security Extensions, ajuda a defender computadores contra hackers de Internet, phishing e outras ameaças de segurança crescentes

A D-Link, líder mundial no fornecimento de soluções de redes, segurança, armazenamento de dados e vigilância IP, anuncia que é a primeira empresa na indústria de networking a incorporar o recurso DNS Security Extensions (DNSSEC) em seus roteadores e, consequentemente, aprimorar a segurança para prevenir o ataque de hackers, worms, vírus e outras ameaças da Internet. A partir dessa ação, o DNNSEC é automaticamente integrado ao recurso, já existente nos roteadores da D-Link, de Teste Completamente Automatizado de Turing Público, para distinguir computadores de seres humanos (CAPTCHA).

O DNSSEC é um pacote de especificações da comunidade internacional Internet Engineering Task Force (IETF) que aplica assinaturas digitais para autenticar a origem dos dados e verificar sua integridade, conforme eles trafegam pela Internet.

Por sua vez, o recurso CAPTCHA assegura que uma resposta durante um login do usuário não seja gerada por computador, exigindo que um usuário insira manualmente uma pequena quantidade de texto exibida em uma imagem para impedir, automaticamente, o registro e fraude das informações.

D-link DNS Security Extensions

Ao integrar as iniciativas DNSSEC e CAPTCHA, os roteadores da D-Link apresentam uma segurança ainda mais sólida, protegendo os usuários de Internet de “ataques do homem no meio” (man in the middle attacks) e de ataques de envenenamento de cache (cache poisoning attacks), além de phishing e outros ataques realizados por hackers.
“É muito difícil atacar os roteadores da D-Link em função dos avançados recursos de segurança que eles apresentam”, afirma o gerente de produtos da empresa, Taciano Pugliesi, ressaltando que “a integração entre DNSSEC e CAPTCHA apresenta uma camada superior de prevenção e, consequentemente, a D-Link permanece oferecendo aos usuários o que há de mais moderno em tecnologias de segurança avançada”.

Certificação IPv6 – Além de aumentar a segurança, a D-Link está realizando a migração dos roteadores para o padrão IPv6 de endereços de Internet. Com o número crescente de dispositivos habilitados para Internet no mercado (incluindo os dispositivos móveis, de mídia e armazenamento), o padrão de endereços IPv4 caiu para 6% neste ano e deve ser extinguido em meados de 2011.

O padrão IPv6 também especifica determinadas medidas de segurança que não eram definidas na IPv4, tais como IPSec, método de autenticação e criptografia de dados transferidos pela Internet. Embora seja possível implementar o IPSec com os padrões IPv4, ele não faz parte da especificação. “O IPSec atualmente é uma exigência, não uma opção, no padrão IPv6”, destaca Pugliesi.

Todos os novos roteadores da D-Link são oferecidos com a certificação “IPv6 Ready Phase II”.