A equipe de engenheiros da Universidade de Michigam e da Universidade Rice desenvolveram um bloqueador baseado em hardware que faz as CPUs pararem e funcionar caso elas não sejam "aprovadas" pelos seus criadores.

Pirataria