Como rodar jogos do Playstation (PSX) com emulador em seu computador

O ePSXe é um dos melhores emuladores de PlayStation 1 (tem gente achando que ele roda jogos do PS2. Não, não roda, é só PSone), mas muitas pessoas acabam pegando outros emuladores por acabarem se perdendo na configuração dos plugins, tentarei aqui montar um guia para facilitar as coisas.

playstation_logo

Nota: Este tutorial foi feito tendo em mente pessoas que tenham a paciência de configurar os vários itens do emulador pra deixar os jogos rodarem da melhor forma possível. Caso você não se enquadre nesse quesito ou não tem tanta paciência, não tem problema. Logo mais abaixo há um link contento o ePSXe com os plugins já inclusos e uma breve explicação do que fazer pra sair jogando em poucos minutos

Nota 2: É impossível fazer com que TODOS os jogos rodem bem no ePSXe, assim como é impossível fazer com que o emulador rode bem em TODOS os PCs que existem por aí porque são coisas que dependem de inúmeros fatores, vários eu não tenho como resolver ou sequer ajudar. Então eu peço que se alguém ficar com descontente ou com raiva, teste outro emulador. Segue pra quem quiser um link do Emurayden:

http://www.baixe.net/baixar/down804.html

 

Começando:

Baixe o ePSXe do site oficial: www.epsxe.com, a última versão é a 1.7, caso queiram baixar de uma vez podem usar esse link: http://www.epsxe.com/files/epsxe170.zip para a versão Windows e http://www.epsxe.com/files/epsxe160lin.zip para a versão Linux

Extraia o conteúdo do arquivo para uma pasta apropriada, mas não rode nada ainda

Segue uma imagem da estrutura de pastas do emulador:

EPSX

 

Bios

Um dos requisitos importantes para que o emulador funcione é baixar a BIOS do plasytation. Você pode encontrar em algum site ou P2P… não posso colocar links por ela ser de propriedade da SONY e estar circulando na internet de maneira ilegal.

Quando achá-la coloque ela na pasta BIOS (a que aparece na imagem acima). O nome do arquivo é scph1001.bin ou scph101.bin, o primeiro arquivo é a BIOS do primeiro PlayStation e o segundo (scph101) é a BIOS do PSone, recomendo que peguem a 101 por ter um visual bem mais limpo na hora de gerenciar o save dos jogos.

 

Os Plugins para Windows

Agora é hora de baixar os plugins. A melhor escolha pode variar de acordo com a marca e potência da sua VGA, SOM, etc. Tentarei detalhar em todos os casos.

Plugins de vídeo

Para VGAs da ATI e NVIDIA (Séries até MX 400):
Pete’s PSX GPUs Version 1.76

Obs: Aqui contém 3 plugins:
Pete’s DX6 D3D Driver 1.76
Pete’s D3D Driver 1.76
Pete’s OpenGL Driver 1.76

Obs 2: Para as placas NVIDIA usaremos o OpenGL e para as ATI usaremos o DirectX 7 (Pete’s D3D Driver 1.76)

Obs 3: Para Radeons com desempenho igual ou acima da 9200SE sugiro testar também o OpenGL2 por ser um plugin voltado a placas mais fortes

Para VGAs da NVIDIA (MX 440, 460 + Séries Ti, FX, 6) :
Pete’s OpenGL2 PSX GPU Version 2.8
(ou 2.08, é a mesma coisa)

Para VGAs da 3dfx:
Lewpy’s 3Dfx/Glide GPU Plugin v1.40

Para VGAs sem suporte 3D:
P.E.Op.S. Windows Soft GPU Version 1.17

Plugins de som

Qualquer placa de som:
P.E.Op.S. DSound Audio SPU Version 1.9
(ou 1.09, é a mesma coisa)

Pra quem quiser pode usar este outro plugin:
Eternal SPU 1.41

Nota: Após alguns testes constatei algumas engasgadas no som usando o plugin P.E.Op.S. DSound Audio SPU Version 1.9, quem quiser pode pegar direto o Eternal SPU 1.41 que funcionou bem e não há opções importantes pra serem configuradas

Plugins opcionais

Pra jogar online entre dois PCs na internet ou em rede:
CyberPad net plugin Version 1.0

Pra jogar online através da rede do kaillera:
Cyberpad Kaillera 1.3

Obs: Para este plugin funcionar é necessário o arquivo kailleraclient.dll que você encontra pra download aqui. Coloque o arquivo na pasta raíz do emulador (a mesma onde está o ePSXe.exe)

*As explicações referentes aos plugins pra jogar online estão abaixo do guia para o plugin Lewpy’s 3Dfx/Glide GPU Plugin v1.40*

Emulador com as plugins

Quem quiser poupar tempo pode pegar o ePSXe já com os seguintes plugins necessitando apenas baixar a BIOS e configurar:

Pete’s GPU Plugins 1.76
Pete’s OpenGL2 PSX GPU Plugin 2.8
P.E.Op.S. Windows Soft GPU Version 1.17
Eternal SPU 1.41
P.E.Op.S. DSound 1.9
CyberPad net plugin 1.0

http://www.esnips.com/doc/1120a581-c…/ePSXe+Plugins

Pra quem quiser baixar e já sair jogando sem ler o resto do tutorial, você só precisa baixar o emulador do link acima e procurar a BIOS pela internet. Após colocar a BIOS em sua devida pasta, execute o emulador e escolha os plugins. Os mais importantes a serem escolhidos são os de vídeo e o CD-ROM (caso vá usar CDs propriamente ditos). Deve ficar claro que sem a devida configuração a imagem não ficará muito boa, então por isso os plugins de vídeo oferecem 2 alternativas pré configuradas, são os botões Nice e Fast. O Nice é uma configuração pra deixar a imagem com boa qualidade e o Fast é uma configuração pra máquinas mais lentas pro jogo rodar mais leve e rápido. Então, escolha o Nice, se ficar lento escolha o Fast

Isso é o básico do básico, caso queira mais detalhes recomendo que leia o resto do tutorial

 

Plugins para Linux

Vídeo:

Para sistemas com 3D habilitado:
Pete’s XGL2 Linux GPU 2.8

Para sistemas sem 3D habilitado:
P.E.O.P.s Soft GPU SDL

Som:

Eternal SPU
ou
P.E.O.P.s Linux OSS SPU

Joystick/Gamepad:

padJoy

Nota: a versão pra Linux do emulador possui uma pasta a mais na estrutura chamada cfg, os plugins vem geralmente com 2 (ou 3) arquivos, um desses arquivos deve ser jogado na pasta plugins e o resto na pasta cfg. Para saber ao certo quais são os arquivos a serem jogados na pasta cfg leiam o README que acompanham os plugins

O ePSXe para Linux depende de alguns pacotes tais como libgtk1.2 e libstdc++2.10-glibc2.2, certifique-se de instalá-los

Caso algum dos links não esteja funcionando, vá em http://www.pbernert.com/ ou então em http://www.ngemu.com/psx/plugins.php…win32&type=gpu e faça o download dos plugins necessários

Nota: ninguém é obrigado e pegar os plugins que recomendei, quem por exemplo tiver uma GeForce 4 MX e quiser usar o plugin Pete’s D3D Driver 1.76, que fique a vontade, as recomendações eu me basiei em alguns textos que li pela internet

Nota 2: os tutoriais de configurção dos plugins de vídeos são independentes entre si, então por exemplo quem vai usar o Pete’s OpenGL2 PSX GPU Version 2.8 não precisa ler o guia do P.E.Op.S. Windows Soft GPU Version 1.17

 

Instalando os plugins

  • Extraia os todos os plugins que você baixou para a pasta PLUGIN
  • Abra o emulador, vai aparecer uma tela tipo wizard para as configurações, clique em “Config >>” para prosseguirmos:

wizard13mu

  • Aqui é só escolher a bios que você baixou, feito isso clique em Next:

wizard21pb

  • Na hora da configuração do vídeo, escolha o plugin conforme a marca e modelo da sua placa de vídeo, como no meu caso era NVIDIA FX 5200 (atualmente uso uma 6600 GT) eu escolhi o Pete’s OpenGL2 Driver, a configuração vamos deixar pra mais tarde.
    Após escolher o plugin clique em Next:

wizard32ux

Recomendo que escolham o Eternal SPU 1.41 no lugar do P.E.Op.S. DSound Audio Driver. Deixem este último como reserva

  • Na configuração do plugin de som, escolha o P.E.Op.S. DSound Audio Driver 1.9:

wizard43zd

95/98/ME escolha:
ePSXe CDR ASPI core 1.5.2

NT/2000/XP:
ePSXe CDR WNT/W2K core 1.5.2

Desvio rápido: Caso você possua mais de 1 CD-ROM, escolha o plugin referente ao seu Sistema Operacional e clique em Config. Na janela que aparecer escolha a letra do drive que você pretende usar pra rodar os jogos de PlayStation e clique em OK

  • Hora de configurar o CD-ROM, aqui é fácil, se o seu Windows for:

wizard52eu

  • Depois é hora de configurar os botões, clique em Controller 1 e escolha como quer fazer:

wizard65ur

O F5 é equivalente ao botão ANALOG do controle do PlayStation, serve pra você passar a usar o analógico no lugar do direcional digital

Também é aberta a possibilidade de usar Rumble (vibração) caso o controle tenha basta ativar a direita da janela

  • Pra quem tem um controle de PSX/PS2 adaptado ou algum que tenha analógicos, é só escolher no canto superior direito a opção Digital/Analog (F5), aí cada vez que você entrar no emulador aperte o F5 pro analógico do controle funcionar como analógico mesmo no emulador

epsxebotoesanalogpt8

  • Pra quem vai usar teclado ou um controle simples sem analógicos use a configuração padrão Digital Only, não é necessário configurar os analógicos nesse caso:

epsxebotoesdigitalww3

O básico já está feito, a próxima etapa é o plugin de som

 

Configurando Plugin de som: P.E.Op.S. DSound Audio SPU 1.9

Atualmente recomendo o plugin de som Eternal SPU 1.41. Não há guia pra esse plugin pois nele não há nada importante a ser configurado.

  • Finalizado o processo acima, na tela principal do ePSXe clique no menu Config e depois em SoundVai aparecer esse menu:

pluginsom14yk

Nele ative as 3 primeiras opções conforme a figura

A opção “Enable SPU IRQ hack” é recomendável ficar desativada, só ative se houver problemas ou ausência de determinados sons. Também é recomendavel ver se há alguma menção do jogo no Help do ePSXe

  • Agora clique em Configure

pluginsom22wj

Aqui podemos regular o som, as configurações podem variar conforme a placa de som e o desempenho do computador, como referência possuo um Athlon XP 2000+ e som onboard VIA AC’97.

Mode: Aqui coloque a qualidade do som que você deseja, recomendo o High compatibility mode, mas se tiver problemas escolha o Fast mode

  • Volume: escolha a vontade
  • Reverb: eu escolhi o PSX reverb que proporciona melhor qualidade, mas se tiver problemas, escolha o modo Simple reverb ou se quiser melhorar o desempenho pode desligá-lo
  • Interpolation: escolha a de melhor qualidade, o Cubic interpolation, como o VIA AC’97 não é lá grande coisa eu acabei deixando no Gaussian interpolation, essa opção vai a gosto

O resto das opções eu nem sei pra que serve hehehe mas de preferência ative as opções Enable XA playing e Change XA Speed pois por dedução elas poderão fazer falta em alguns jogos.

As demais opções do quadro Misc são alguns extras que podem ser exigidos em alguns jogos, caso vá jogar Valkyrie Profile ou Metal Gear ative a primeira opção: “SPU IRQ - wait…“. A segunda opção: “SPU IRQ - handle…” eu não sei até que ponto é necessária nesses dois jogos pois infelizmente eu não tenho eles aqui pra testar mas recomendo que teste com a opção desativada e depois ativada pra ver o que fica melhor. Se não sentir diferença é melhor desativar.

Se tiver problemas de desempenho com o som, tente reduzir a qualidade nas opções Mode, Reverb e Interpolation, acredito que isso seja suficiente. Se houver algum outro problema recomendo (na tela principal do emulador) ir no menu Help e depois em Contents. Lá clique no sinal de + que está ao lado da palavra Specific games, e ver se há alguma referência ao jogo e a possível solução. Se mesmo assim ainda houver imperfeições recomendo testar o plugin Eternal SPU 1.41. Não há guia pra esse plugin pois nele não há nada importante a ser configurado.

 

Configurando Plugin de vídeo: Pete’s OpenGL2 Driver 2.7/2.8

Antes de começar peço que vão testando cada alteração feita nas configurações pra assim testar o desempenho. A intenção é cada um encontrar o limite do seu PCVamos começar, na tela principal do ePSXe clique no menu Config e depois em Vídeo, depois clique em Configure

Nota: Caso o jogo seja europeu (PAL), o limite de FPS é 50.

  • Caso você tenha uma GeForce 4 (Ti ou MX) e está usando Windows XP, na parte de baixo da tela ative a opção GF4/Win XP Crash fix, acredito que esse problema já esteja resolvido mas por precaução é bom ativa-la
    (Diga-se de passagem que GeForce FX não é GeForce 4 e GeForce 6 não é GeForce FX)
  • Logo no topo da tela, há a opção Fullscreen mode e Window mode, a primeira opção é pra usarmos tela cheia e a segunda é pra usar janela, acho que não preciso explicar muito essa opção, eu prefiro Fullscreen
  • Em Desktop resolution escolha a resolução para a tela cheia que queira usar, eu uso 1024×768 e em Color Depth (Profundidade de cor) coloque 32 bits
    Caso vá usar Window mode escolha a resolução em Window size
  • GFX card vram: coloque a quantidade de memória da sua placa de vídeo, não sei em que essa opção ajuda mas não custa colocar o valor certo
  • Stretching mode (versão 2.8 do plugin) - essa opção é referente ao ajuste da imagem na tela, nos testes que fiz ela acabou deixando o jogo usando 1/3 da tela então recomendo que deixem em 0: Stretch to full window size (standard) para que assim a tela inteira do monitor seja utilizada
  • Render mode (versão 2.8 do plugin) - aqui notei muito pouca diferença na qualidade e na velocidade entre a opção 0: Render to pbuffer-texture e 1: Render to pbuffer, copy to texture. Acabei deixando na opção 1: Render to pbuffer, copy to texture (se quiser optar pela 0 sem problemas). A opção 2: Use framebuffer object me causou corrupção dos menus em 2 jogos portanto não recomendo, até porque não deu praticamente nenhuma melhora
  • Logo abaixo tem a opção Use pixel shader for ‘PSX texture window’ emulation, caso sua placa de vídeo possua pixel shader ative essa opção
  • Em framerate faça o seguinte, ative as opções Use FPS limit e FPS limit (10-200), nesta última escreva 60, assim o jogo não ficará acelerado
  • Abaixo temos o quadro Compatibility, nele há três itens: Off-Screen drawing, Framebuffer effects e Framebuffer upload, nesses três itens escolha a opção Standard. Caso possua um PC mais avantajado pode escolher em Framebuffer effects e Framebuffer upload a opção Full
  • Ative a opção Screen filtering pra melhorar a qualidade geral da imagem, ela remove um pouco do serrilhado e deixa a imagem levemente embaçada, na maioria dos jogos que testei ficou muito bom

A partir daqui é que as coisas começam a ficar pesadas, se a sua VGA começar a pedir água, coloque uma opção mais leve-

  • Em Internal Y resolution escolha a opção 2: Very High
    Se ficar pesado coloque a opção 1: High - Standard, enhanced display, se mesmo assim não ficar legal desligue
  • Em Hi-Res textures escolha a opção 1: 2xSal
    Se pesar, desligue-a
  • Em Internal X resolution escolha a opção 1: High - Standard, enhanced display para melhor compatibilidade
    Se pesar, desligue-a
    Obs: Se você tiver um PC forte, pode tentar colocar a opção 2: Very high, apesar de não recomendada pelo autor do plugin, testei aqui e apesar da imagem ficar muito bonita o jogo ficou muito lento
  • Na opção Texture filtering escolha a opção 6: Extended + smoothed Sprites
    Se não ficar bom, esolha a opção 4: Extended w/o Sprites - unfiltered 2D, se mesmo assim ainda não ficar bom, escolha a opção 2: Extended - Removes black borders, se depois disso não ficar bom desligue
  • Se sua placa ainda tiver força, ative a opção Shader effects e escolha a opção 1: Fullscreen smoothing ou a opção 4: GLSlang smoothing, se gostar você pode aumentar a intensidade na opção ao lado chamada Shader level

No caso do Shader effects é possível fazer algumas customizações extras, estas opções eu postarei em breve

No quadro Misc há algumas opções extras, podem ser úteis para alguns e pra outros não, aqui eu vou explicar o que faz cada item e vou deixar a cargo de cada um se ativa ou não

Scanlines - é uma tentativa de simular a imagem que ficaria na TV (pra quem não entendeu não tem muito o que explicar, nesse caso ativem e vejam…)

MDEC filter - é um filtro pra deixar os vídeos com menos “quadradinhos”. Recomendo que ativem

Disable screensaver - desabilita a proteção de tela pra caso esteja no meio do jogo a proteção não lhe atrapalhe

GF4/WinXP crash fix - item já mencionado no começo do tutorial desse plugin

Special game fixes - aqui o caso é mais especial, caso tenha algum dos seguintes jogos, recomendo que clique no botão “…” e veja qual opção faz referência ao seu jogo e ative-a

São eles:
LoD
RPGMaker
Final Fantasy 7
Final Fantasy 8
Lunar
Qualquer jogo de luta 2D da Capcom

Pra quem quiser ver, aqui está uma imagem de como ficou as configurações aqui no meu PC com minha antiga FX 5200:

pluginvideo8uc

E aqui como ficou o GT2 usando as configs da imagem acima:

resultadoopengl23bd

Dependendo das configurações de seu computador, você poderá conseguir images melhores.

 

 

 

 

FONTE: Guia do Hardware