Já existem softwares bem intuitivos voltados que tornaram esta tarefa mais simples, mas antes de começar a gravação confira algumas dicas.

Antes de gravar um DVD, procure saber a qual região pertence seu aparelho.

Segundo Marcos Gomes, vendedor de equipamentos de DVD da Proximar, loja especializada em equipamentos de áudio e vídeo, a América Latina é a Região 4 e a maioria dos DVD players disponíveis no Brasil é bloqueada para discos de outras regiões.

Gravando DVDs de filmes

Já em se tratando de qualidade da imagem reproduzida, é preciso garantir que a matriz também seja boa. “Independentemente da mídia que gravará o conteúdo, se a imagem reproduzida for ruim continuará com baixa qualidade”, ressalta Gomes. Para imagens televisivas a regra é a mesma: se a imagem da TV é ruim, a gravação ficará igual.

 

Softwares para gravação

Nero: É o mais conhecido dos softwares para gravação de CD-ROMs e DVDs. Aceita os principais formatos de gravação. A versão mais atual traz outras funcionalidades, como criação de menus e capas para DVDs. O Nero roda em Windows 95, 98, NT, 2000, Millenium, XP, 2003 e Vista e custa cerca de R$ 154. Mas a versão de avaliação (trial) está disponível.

Easy Media Creator Creator: Esse software permite gravar e copiar CDs e DVDs, converter arquivos de áudio ou vídeo, capturar imagens, criar discos de cópia ou de qualquer formato, mas exige um pouco mais de conhecimento por parte do usuário. A nova versão sai por volta de US$ 100 (cerca de R$ 185). 

Clone DVD: Esse programa permite copiar todas as características de um DVD, inclusive menus, legendas, sons e extras.  O Clone é compatível com DVD-R, DVD-RW, DVD+R, DVD+RW e DVD-RAM e roda em Windows NT, 2000 e XP.  No Superdownloads, a versão Shareware sai por US$ 49,95 (cerca de R$ 92).

 

Tipos de DVDs para gravação

DVD-R e DVD+R: permitem a gravação uma única vez e são compatíveis com boa parte dos leitores de DVDs. Capacidade: 4,7 GB.

DVD+R DL: conta com as mesmas funções de um DVD+R, mas possui recurso de gravação em dupla camada (em inglês, "dual layer" ou DL). E, por isso, tem mais capacidade de armazenamento: de 9,4 GB a 17 GB.

DVD-RW: permite ao usuário gravar, apagar e regravar dados cerca de mil vezes. E por meio da função VR (Video Recording) é possível personalizar listas de reprodução de vídeos e inserir imagens. Capacidade: 4,7 GB.

DVD+RW: semelhante ao DVD-RW, não conta com a função VR, mas permite a gravação e regravvação de dados cerca de mil vezes. Capacidade: 4,7 GB

DVD-RAM: permite a regravação de informações por mais de cem mil vezes. Nesse tipo de mídia, o usuário pode utilizar um recurso de gravação e leitura simultâneas, conhecido como “Time Shift”. Ou seja, você pode gravar um programa, enquanto assiste a outro. No entanto, o DVD-RAM não apresenta compatibilidade com boa parte dos leitores de DVD. Capacidade: de 2,6 GB a 9,4 GB

 

Como gravar DVD com vídeo

Vamos resumir o passo-a-passo de como gravar um DVD no Nero Express. Este caso é exclusivamente para gravação de DVDs com arquivos de vídeo. Para converter arquivos que não sejam de vídeo será necessário usar outras ferramentas.

Depois de inserir a mídia no gravador de DVDs do seu micro, abra o software, selecione o gravador de DVDs onde quer gravar e escolha a opção DVD-Video. É essencial que você tenha uma versão do Nero que grave DVD-Video. Uma pasta chamada VIDEO_TS deverá abrir na tela do micro.

Depois disso, você pode simplesmente clicar nos elementos a serem gravados e arrastá-los para dentro desta pasta. Ou usar o botão ADD (no canto superior a direita), ir até a pasta onde estão os arquivos que serão gravados e selecioná-los. Depois é só clicar em Add e em Finished. Agora clique no botão Next. Na próxima tela você terá que nomear o disco e selecionar o número de cópias que quer e a velocidade de gravação. Depois clique em Burn. Pronto, você terá seu DVD–Vídeo.

 

FONTE: Redação Wnews