Parece que o “tio Bill” realmente gosta de trabalhar e apesar da quantidade de dinheiro que ele tem, não quer descansar e aproveitar sua aposentadoria da Microsoft.

A nova empresa de Bill Gates será um tipo de holding (uma união de empresas que juntas, formam uma única para administrar, gerenciar uma outra empresa que pode ou não ser em um outro ramo de atividade diferente das formadoras desse grupo, mas que podem trabalhar dentro dela otimizando os custos e gastos), mas com objetivos maiores.

Bill Gates bgC3