Android possui bug que pode infectar 99% dos aparelhos

Crackers conseguem modificar código do APK para transformar qualquer App em um malware no Android.

Não é de hoje que o Android, sistema operacional mais utilizado em smartphones e tablets está na mira de crackers. Relatórios recentes confirmam um alto crescimento na quantidade de malwares para o sistema. Mais de 90% dos vírus descobertos no último ano seriam destinados para o Android.

Malware Android

E agora uma vulnerabilidade descoberta pela empresa de segurança BlueBox Security identificou uma chave mestra no sistema que pode permitir a crackers modificarem qualquer App tornando-os em um aplicativo malicioso.

Esta falha na segurança está no Android desde a versão 1.6 (Donut) lançada em 2009 e que consiste em um método onde o cracker pode modificar o código APK de um programa sem necessariamente quebrar a assinatura que é criptografada e usada para autenticar o App como um aplicativo legitimo.

Assim, ao instalar um aplicativo, você pode na verdade estar instalando junto um malware que pode dar funções ao cracker malicioso que vão de chamadas, visualização de mensagens, acesso a suas informações, senhas e outras sem que o usuário perceba.

Se você gosta de ficar baixando aplicativos em sites ou blogs por ai (principalmente aqueles jogos crackeados e que muitos instalam para não pagar nada ao desenvolvedor na Google Play), tome cuidado pois é bem provável que começarão a modificar a chave do APK para instalar vírus e malwares em seu Android.